ru_rock70_rss (ru_rock70_rss) wrote,
ru_rock70_rss
ru_rock70_rss

PROG ROCK VINTAGE

PROGROCKVINTAGE

///////////////////////////////////////////
[FLAC] PREMIATA FORNERIA MARCONI - Ultrasonic Studios - 1974

Posted: 17 Oct 2020 12:09 PM PDT
http://www.progrockvintage.com/2020/10/flac-premiata-forneria-marconi.html





No final dos anos 60, a Itália experimentou uma onda de novas ideias e
ideais que coincidiram com o nascimento da nova era musical. Não seria
exagero afirmar que a década de 70 foi um divisor de águas na história do
país. Embora essa década seja lembrado como os anos do "boom econômico",
foi apenas na década seguinte que a Itália fez a longa e difícil mudança de
um país tradicional, relativamente pobre para uma sociedade ocidental
totalmente desenvolvida.
Uma olhada em qualquer cronograma para a Itália dos anos 70 mostrará uma
incrível concentração de eventos que mudaram a estrutura da sociedade
italiana de forma irrevogável: leis e atos foram aprovados afetando os
direitos dos trabalhadores, família e divórcio, direitos das mulheres e
isenções culturais. Vale lembrar que se tratava de um país onde a presença
física da Igreja Católica sempre foi impossível de ignorar, principalmente
por causa de sua intervenção aberta nos assuntos políticos gerando a
introdução a mudanças que afetara toda uma nação.
Os tempos turbulentos foram fundamentais a inúmeros músicos em busca de
algo novo - alguma forma de comparar o clima político por meio da mídia
artística - variando de estudantes de conservatório altamente aplicados a
cantores e compositores locais, esse espírito conseguiu cativar um país
inteiro em poucos anos. Os jovens estavam inquietos, explodindo em um
desejo ardente de mudar a atmosfera sóbria e sufocante da sociedade
italiana a partir de um de seus símbolos, sua venerável e brilhante
tradição musical. A maioria dos músicos tinha tendências mais ou menos
fortes para a esquerda, enquanto os poucos exemplos de bandas abertamente
de direita nunca conseguiram sair da obscuridade ou ganhar mais do que
seguidores estritamente cult. Influências psicodélicas e a incorporação da
música erudita podem ter sido os mesmos degraus usados ​​pela maioria das
outras cenas progressivas ao redor do globo durante o mesmo período, mas
mesmo neste estágio embrionário havia um sopro de outra coisa no ar. No
final dos anos 60, quando a cena beat já estava em declínio, várias bandas
se formaram, algumas delas lançando singles (ou mesmo álbuns) que
preenchiam a lacuna entre a batida, a música italiana convencional de fácil
audição (Musica Leggera) e a novas influências vindas da Grã-Bretanha.
Um dos mais interessantes nomes vindos dessa terra foi a Premiata Forneria
Marconi (PFM), banda progressiva de sucesso a qual alcançou maior
notoriedade pelo mundo. Seu embrião foi a banda I Queli que se juntou a um
dos maiores instrumentistas italianos, Mauro Pagani.
Seu primeiro e brilhante álbum (lançado apenas na Itália) foi Storia di
minuto (1972), que foi um sucesso imediato, seguido rapidamente por Per un
Amico (1972), que expandiu sua influência para fora da Itália e por toda
Europa.
Nessa época, durante uma turnê, Greg Lake os ouviu e imediatamente os
contratou para sua nova gravadora, a Manticore Records. Por causa dessa
conexão, seu próximo álbum, Photos of Ghosts (1973) foi lançado em todo o
mundo (com versões regravadas principalmente de músicas de seus álbuns
anteriores) e, pela primeira vez, com letras em inglês (em uma tentativa de
alcançar uma maior público). Curiosamente, em vez de apenas traduzir suas
letras em italiano para o inglês, todas as novas letras em inglês foram
escritas nada menos por Pete Sinfield, uma das cabeças pensantes do núcleo
King Crimson.
O álbum foi vendido em países de todo o mundo, incluindo os EUA. Eles
seguiram esse sucesso com outro álbum italiano (L'isola di niente) seguido
por uma versão em inglês, The World Became the World (1974), e então sua
primeira turnê pelo os Estados Unidos.
Os shows gravados dessa turnê se tornaram a base para um álbum ao vivo,
Cook (1975). A banda também alcançou seu maior público naquele país quando
apareceu no programa de TV The Midnight Special no início de 1975. Para seu
próximo álbum, Chocolate Kings (1975), eles adicionaram um novo vocalista,
Bernardo Lanzetti, e um som de rock mais pesado. Jet Lag (1977) foi seu
último álbum com letras em inglês (assim como o último álbum lançado nos
EUA) e mudou-se para uma pegada mais voltada para o Fusion.
O registro a seguir, foi gravado durante a uma turnê da banda por terras
americanas para a divulgação do álbum 'The World Became the World'. A
apresntação ocorreu em 27 de Agosto de 1974 no Ultrasonic Studios,
localizado em Hempstead, NY.
A gravação não está impecável e disponibilizo em FLAC para uma melhor
apreciação.

TRACKS:
1. Four Holes In The Ground 2. Is My Face On Straight? 3. Instrumental jam
4. Dove...Quando... 5. Introduction6. Mr. 9 'Till 5 7. Alta Loma 5 'Till 9
8. Violin Jam (2:30) 9. Classic Violin Solo10. William Tell Overture 11.
Celebration

MEGA

Obs: Algumas transcrições desse artigo, tiveram como fonte o site
Progarchives.
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    Anonymous comments are disabled in this journal

    default userpic

    Your IP address will be recorded 

  • 0 comments